Município de Tondela reúne com associações do concelho

O Município de Tondela realizou, entre os dias 05 e 08 de novembro, quatro reuniões  com responsáveis de dezenas de associações do concelho, que vão ser objeto de intervenções que visam a criação de condições de segurança contra incêndios.

“Este processo pretende garantir, a todo o nosso tecido associativo, a necessária segurança e tranquilidade na frequência de espaços públicos que, em muitas das nossas aldeias, são os únicos disponíveis”, justificou o vereador do Câmara Municipal de Tondela, Miguel Torres.

Ao todo foram vistoriados 103 edifícios que são sede de associação, sendo 71 os que serão intervencionados com o apoio do Município de Tondela.

As quatro reuniões, que decorreram ao longo desta semana, serviram para que as associações e as empresas responsáveis pelos levantamentos e consequente intervenção, esclarecessem dúvidas e pudessem definir o arranque dos trabalhos.

De acordo com Miguel Torres, trata-se de uma tarefa de enorme dimensão,  uma vez que são 71 os espaços a intervencionar.

“A nossa expectativa é que este processo se possa concluir em seis meses”, acrescentou.

De recordar que o Município de Tondela assinou, no dia 19 de outubro, 125 protocolos com 125 coletividades, num montante global que ronda os 1,2 milhões de euros.

Cerca de 750 mil euros são destinados ao apoio ao desenvolvimento da atividade, enquanto que cerca de 400 mil euros servirão para apoiar requisitos em termos de segurança.

Em meados deste ano, o Município de Tondela entendeu ajudar as associações no levantamento das condições de segurança dos seus espaços físicos. Após esse levantamento, torna-se necessário adaptar/ajustar os referidos espaços públicos de condições de segurança legalmente exigidas.

Desta forma, nos protocolos de colaboração, para além das habituais rúbricas de apoio ao desenvolvimento da atividade, foram inscritas verbas de apoio que permitam regularizar os espaços públicos, carenciados de tais necessidades.