2º Torneio Nacional de Ténis de Mesa verdadeiro carrossel de emoções

“Há imagens que valem mil palavras.” A Associação Voluntária Lamego Ténis de Mesa organizou o 2º.Torneio Nacional de Ténis de Mesa. Foi um verdadeiro carrossel de emoções com a participação de 419 atletas concerne nos vários escalões: iniciados, infantis, cadetes e juniores. Porquê? Os dias 21 e 22 de Janeiro de 2017 não estavam tão frios como os anteriores mas ensolarados e no Centro de Multiusos de Lamego assistiu-se a um excelente espectáculo, protagonizado pelos atletas de alto nível que integram os respectivos clubes. A referida Associação acolita com a Associação de Ténis de Mesa do Distrito de Viseu e a Federação Portuguesa de Ténis de Mesa. Está enraizada na urbe, no incremento da prática desportiva. Este torneiro trouxe muita gente de todas as partes do país: atletas, pais, treinadores, dirigentes e árbitros.
É necessário rentabilizar este espaço com o aumento de eventos. Estas pessoas ficaram espantadas pela grandiosidade e riqueza a todos os níveis que a urbe tem para oferecer.
Eficácia, coragem e… perfeição. Eis a receita traçada por vice-presidente da Câmara Municipal de Lamego – José Pinto na vocação dos eventos: cultural, artística e desportiva na consolidação da imagem da urbe e o aumento do turismo. Bem-haja!
Com tudo isto, o Ténis de mesa foi inventado no Reino Unido, mais precisamente na Inglaterra no séc.XIX. Era conhecido como ping-pong. É um dos desportos mais populares do mundo em termos de número de jogadores. É conhecido como sendo o desporto com o tipo de bola mais rápida do mundo. Sendo o desporto raquete que mais produz efeito – (rotação) na bola.
Esteve presente neste torneio o nosso embaixador do Plano Ética no Desporto – António Tunes e o presidente da Associação de Ténis de Mesa do Distrito de Viseu – prof. Educação física – Aquilino Rocha Pinto.
Sem margem de manobra louvar dois dirigentes pelo seu dinamismo e amor ao desporto: professores de educação física – Carlos Dias e Armando Cardoso Botica.

VIRIATO LEMOS