AGUIAR DA BEIRA: APRESENTADAS SAÍDAS EDUCATIVAS, FORMATIVAS E PROFISSIONAIS A JOVENS DO TERRITÓRIO

Mais de três centenas de estudantes do participaram na Feira das Profissões, dos Percursos e da Integração Profissional, que se realizou a 8 deste mês, no Centro Cultural de Aguiar da Beira, numa iniciativa promovida pelo CLDS 3G Aguiar no Coração, em parceria com o Agrupamento de Escolas Padre José Augusto da Fonseca O evento colocou em contacto alunos, universidades e outas entidades de formação e empresários aguiarenses. Os visitantes tiveram a oportunidade de conhecer as ofertas formativas, os perfis profissionais e as atividades económicas do território e da região, representadas num espaço expositivo com cerca de duas dezenas de entidades, conferências e outras atividades demonstrativas. Entre as 9h30 e as 16h30, os alunos do 5º ao 12º ano tiveram a possibilidade de conhecer saídas educativas e formativas, carreiras militares, profissões do futuro; participar em atividades desportivas, de proteção civil e de arte urbana, como graffiter, ou em workshops de hotelaria, mecatrónica e relaxamento, saúde e beleza; e inspirar-se em histórias empreendedoras. “Foi um dia muito intenso, com diversas ações para apresentar aos alunos em fase de decisão e aos visitantes aguiarenses as saídas educativas, formativas e profissionais, bem como o mercado de trabalho, recursos do território e exemplos de percursos bem sucedidos no concelho”, explicou Altino Pinto, Coordenador do CLDS 3G Aguiar no Coração, que acrescentou ainda que esta é uma iniciativa que visa “a promoção da fixação dos jovens no concelho, mostrando que em Aguiar da Beira também é possível construir um futuro positivo”. A educação e a formação que têm, segundo a diretora do Agrupamento de Escolas de Aguiar da Beira, “um papel decisivo na sociedade”. “Só através da educação e da formação o indivíduo se apropria do conhecimento e, ao apropriar-se do conhecimento, transforma-se e constitui-se como sujeito capaz de transformar a realidade. Assim, a educação e a formação são a forma de capacitar o ser humano para se compreender, para compreender o mundo que o rodeia e para, compreendendo-o, poder transformá-lo”, disse, na abertura do fórum “Educação e Formação”. “Muitos são os percursos no longo caminho da educação e da formação, de natureza diversa e com diferentes características. Há percursos mais académicos, outros mais profissionalizantes, que cada um escolherá em função dos seus objetivos, dos seus gostos, da sua vocação”, referiu Elisabete Bárbara. Mas, independentemente desses percursos, continuou, “o importante é não ficar pelo caminho e construi-lo sempre, ao longo da vida. Não ficar pelo caminho implica esforço, implica trabalho e investimento. Implica pôr-se a caminho. Sempre. Implica movimento. A estagnação é inimiga da evolução. Por isso, não devemos parar, mesmo que um dos percursos esteja concluído”, deixou claro. Instituto Politécnico da Guarda; Escola Superior de Turismo e Hotelaria – IPG; Instituto Politécnico de Viseu; Piaget Viseu; Cursos Profissionais do Agrupamento de Escolas de Aguiar da Beira; Instituto Português do Desporto e da Juventude (IPDJ); Guarda Nacional Republicana; Exército Português; Marinha Portuguesa; Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP) de Viseu; Aenebeira; Atendimento Municipal ao Desenvolvimento Económico de Aguiar da Beira; Bombeiros Voluntários locais; Centro Social Paroquial de Dornelas; e CLDS 3G Aguiar no Coração, foram alguns dos expositores, que participaram também no fórum “Educação e Formação”. Outra das conferências direcionadas para os alunos do secundário foi o fórum “Sonhar e Empreender”, que apresentou os percursos de empreendedores no concelho, nas áreas da avicultura, mecânica e orientação desportiva. Gonçalo Santos (avicultor), Marco Aurélio Coelho (empresário e eng.º eletromecânico) e Rafael Miguel (atleta e promotor de orientação pedestre) partilharam com os jovens as suas experiências empreendedoras e as oportunidades de investimento e carreira no município, vincando que “é possível construir um futuro de sucesso a partir de Aguiar da Beira”, sendo a formação, o acreditar, o risco, o trabalho e a inovação a base. E, atualmente, os empreendedores, nomeadamente os jovens, podem contar com diversos apoios e incentivos do município e da câmara municipal como um agente facilitar ao investimento no território, como realçou na sessão a vice-presidente, Rita Mendes. A Feira das Profissões, dos Percursos e da Integração Profissional realizou-se pelo quarto ano consecutivo, integrada no programa de ação do Contrato Local de Desenvolvimento Social (CLDS) 3G Aguiar no Coração. Esta atividade, que contou também com o apoio do município, pretende promover a fixação dos jovens no concelho através de processos de orientação educativa, formativa ou profissional. O CLDS 3G Aguiar no Coração – Rede Positiva para o Desenvolvimento Social de Aguiar da Beira tem como Entidade Coordenadora Local de Parceria e executora é o Centro Social Paroquial de Dornelas e entidade financiadora o POISE – Programa Operacional da Inclusão Social e Emprego e o Governo de Portugal, por via do Ministério da Solidariedade, Emprego e Segurança Social.