Alunos de Moimenta da Beira vencem prémio nacional com vídeo sobre Astronomia

Tomás Dias, Rodrigo Frias, João Pereira e Duarte Antunes, alunos do 7º Ano e do Clube das Ciências do Agrupamento de Escolas de Moimenta da Beira, venceram um prémio nacional com o vídeo “Luz e Astronomia” (ou “Não é Grave… É Relativo”) que produziram para o projeto educativo “Eddington e o peso da luz”, promovido pela Ciência Viva.

Por terem conquistado este galardão, que teve a concurso outras escolas portuguesas e ainda do Brasil e S. Tomé e Príncipe, os quatro alunos irão participar no “Ciência 2019”, o maior Encontro de Ciência e Tecnologia que se realiza em Portugal, e que decorrerá de 8 a 10 de julho em Lisboa. Serão acompanhados por Paulo Sanches, professor da escola, responsável pelo Clube das Ciências e grande impulsionador e criador de iniciativas ligadas à ciência e astronomia de que se destaca a concentração de telescópios que, de dois em dois anos se realiza em Moimenta da Beira, e é a maior de todas as que se realizam em território português.

O projeto “Eddington e o peso da luz” está inserido no âmbito da comemoração dos 100 anos da expedição de Eddington a S. Tomé e Príncipe, onde fotografou o eclipse solar que ocorreu a 29 de maio de 1919, no qual foi possível observar a curvatura dos raios luminosos das estrelas, provocada pela deformação do espaço à volta do Sol, tal como Einstein previra na sua Teoria da Relatividade Geral.