Beiras e Serra da Estrela território de ciclismo

A segunda edição do Grande Prémio Beiras e Serra da Estrela, prova internacional de estrada de categoria 2.1 que promove aquela região como território de ciclismo, é a competição em destaque na agenda velocipédica desta semana.

A corrida disputa-se entre 2 e 4 de junho, levando um pelotão de 17 equipas a percorrer 554 quilómetros, distribuídos por três etapas em linha. A prova arranca com uma ligação de 199 quilómetros, entre Penamacor e Celorico da Beira, que se espera a menos favorável aos trepadores, podendo mesmo proporcionar uma oportunidade para os velocistas. A partida será dada às 11h15, esperando-se a chegada perto das 16h00.

A segunda etapa começa em Fornos de Algodres, às 11h30 de dia 3, terminando, cerca das 16h15, em Trancoso. A viagem tem 192 quilómetros, marcados pelo terreno ondulado. A montanha mais exigente está guardada para a derradeira tirada, 163 quilómetros a percorrer, no domingo, entre Belmonte (11h45) e Manteigas (15h45), com passagem pelo alto da Torre e por mais três subidas pontuáveis para a classificação dos trepadores.

O pelotão da corrida contará com a Equipa Portugal de sub-23, que vai juntar-se às seis equipas continentais lusas: Efapel, LA Alumínios-Metalusa BlackJack, Louletano-Hospital de Loulé, Sporting-Tavira e W52-FC Porto. De fora chega a continental profissional Caja Rural-Seguros RGA, de Espanha, e as continentais Burgos BH e Euskadi Basque Country-Murias (Espanha), Kuwait-Cartucho.es e Massi-Kuwait Cycling Project (Kuwait), Bike Aid (Alemanha), Equipo Bolivia (Bolívia), JLT Condor (Grá-Bretanha), Lokosphinx (Rússia) e Team Sapura Cycling (Malásia).

Ainda na estrada, o fim de semana fica assinalado pela disputa do 8.º Grande Prémio Liberty Seguros – Volta à Ilha de S. Miguel, nos Açores. A competição desenrola-se de 2 a 5 de junho, iniciando-se com um prólogo, em Ponta Delgada, com 2,2 quilómetros. A primeira etapa terá 72 quilómetros, unindo a Ribeira Brava ao Nordeste. Segue-se uma viagem de 77 quilómetros entre Ponta Delgada e a Lagoa do Fogo. A prova encerra com uma etapa de 76 quilómetros, com início e final em Lagoa.

O centro de ação no BTT vai ser o Algarve. A Fonte Férrea, S. Brás de Alportel, recebe, no domingo, a terceira etapa da Taça de Portugal de Enduro BTT. A prova inicia-se às 8h30. Os corredores vão enfrentar cinco especiais classificativas.

Mais eventos oficiais
3 de junho, 9h00: NGPS Rota de S. Teotónio, Valença
3 de junho, 9h45: Trilhos das Colinas, Vale Judeu, Loulé
3 de junho, 15h00: 6.º Prémio Jorge Nunes, Grândola
4 de junho, 6h30: XXX Clássica Peregrinação Oliveira de Azeméis – Fátima
4 de junho, 9h00: Passeio BTT Rota do Morcego, Adeganha, Torre de Moncorvo
4 de junho, 9h00: 2.º Raid BTT da Junqueira, Matosinhos
4 de junho, 9h00: XII BTT Caminhos do Tremoço, Cadima, Cantanhede
4 de junho, 9h00: Prémio de Ciclismo de Mato-Cheirinhos, Cascais
4 de junho, 9h00: Maratona BTT Piranhas do Alqueva, Reguengos de Monsaraz
4 de junho, 9h00: Beja Granfondo Solidário
4 de junho, 9h30: Maratona do Pedal, Ervedal da Beira, Oliveira do Hospital
4 de junho, 9h30: 2.º XCO Rota da Sopa da Pedra, Almeirim
4 de junho, 10h00: 3.ª Maratona BTT de Paredes de Coura
4 de junho, 11h45: XCO Rota da Sopa da Pedra, Fazendas de Almeirim
4 de junho, 13h00: Pé do Negro Downhill, Ponte de Lima
4 de junho, 14h30: 22.º GP Futebol Clube de Ramalde, Gondomar