Beneficiárias do Rendimento Social de Inserção criam “horta aromática”

No primeiro dia da primavera, algumas beneficiárias do Rendimento Social de Inserção (RSI) do concelho de Lamego puseram mãos à obra e semearam, junto do Lar de Infância e Juventude, ervas aromáticas de uso comum, como a salsa ou o cebolinho. Esta atividade simbolizou o começo da nova estação do ano e culminou com a criação de uma “horta aromática” para futuro uso da Misericórdia de Lamego, rentabilizando um espaço que até agora não tinha qualquer utilidade.
Promovida pela equipa Multidisciplinar do RSI, esta iniciativa pedagógica foi complementada com uma breve explicação, a cargo da técnica de nutrição, sobre os benefícios que a utilização destes condimentos podem ter na saúde das pessoas. Na confeção das refeições, é aconselhável, por exemplo, reduzir o consumo de sal e substitui-lo por ervas aromáticas.
A atividade “Da terra ao prato” integra o conjunto de ações que a equipa Multidisciplinar do RSI da Misericórdia de Lamego vai desenvolver em 2016 junto das famílias do concelho que beneficiam desta prestação, com a missão de ir ao encontro das necessidades comunitárias.