Candidaturas em curso para apoio a áreas ardidas em Viseu

O secretário de Estado das Florestas e do Desenvolvimento Rural respondeu à Assembleia Municipal de Viseu (AMV), dando razão ao conteúdo da Moção apresentada pela CDU, relativa à não inclusão das Freguesias dos Coutos de Viseu, Bodiosa e da União das Freguesias de Torredeita, Boaldeia e Farminhão, no Mapa dos grandes incêndios elaborado pelo ICNF,I.P. Como tal, o Governo abre um período para apresentação de candidaturas até 31 de janeiro de 2017, para que os territórios afectados pelos incêndios do último Verão possam candidatar-se aos fundos comunitários para restabelecer o seu potencial florestal, estabilizar as áreas ardidas e combater a erosão e a degradação ambiental.
A CDU salienta que “a Câmara Municipal de Viseu, através dos seus serviços técnicos, tem agora o dever e a responsabilidade de dar todo o apoio que as entidades particulares e colectivas necessitem para elaborar as candidaturas com qualidade e a tempo e horas, para que os almejados fundos cheguem aos territórios afectados”.
Filomena Pires lembra que a moção foi desvalorizada pelo presidente da Câmara, mas a mesma veio a ser aprovada por unanimidade.