Carlos Coelho acolhe Representantes da Protecção Civil europeia e vítimas dos ataques terroristas de Paris e Bruxelas

– Parlamento Europeu cumpre Minuto de Silêncio pelas vítimas dos incêndios
em Portugal e Espanha –
A Associação Europeia do Número de Emergência (EENA) – 112 – organizou
conjuntamente com o gabinete do eurodeputado Carlos Coelho a segunda edição
do evento “Conheça o seu Membro do Parlamento Europeu” que reuniu mais de 100
representantes dos serviços de emergência de toda a União Europeia entre Polícias,
Bombeiros, Membros da protecção Civil e vítimas dos atentados terroristas de
Bruxelas e Paris.
O evento é uma ocasião única para os membros da EENA e representantes dos
serviços de emergência europeus e as autoridades públicas apresentarem as suas
recomendações e discutirem com os Deputados do seu país os desafios que
enfrentam no seu trabalho.
O Deputado do PSD Carlos Coelho Membro fundador da Plataforma “MEP 112
Champions” (em que os Deputados se comprometem a apoiar e promover a
utilização eficiente do número europeu de emergência 112 no seu país) abriu
oficialmente os trabalhos prestando homenagem às vítimas dos incêndios que
assolaram Portugal e Espanha nos últimos dias.
Carlos Coelho afirmou que “uma resposta eficaz dos serviços de emergência é
vital para garantir a segurança e o bem-estar dos cidadãos europeus. Os
desafios que os profissionais no terreno enfrentam foram recentemente postos em
evidência na luta contra os aterradores incêndios em Portugal e Espanha”.
Temos uma obrigação coletiva de salvar vidas. Essa não é apenas uma
responsabilidade dos bombeiros e forças de segurança mas é também uma
obrigação dos que têm responsabilidades políticas!
Estes tempos difíceis recordam-nos que o mercado interno é mais do que apenas
uma cooperação económica bem sucedida.
Serviços de emergência que funcionam bem são elementos vitais para
completar o nosso mercado interno. Ganhámos experiência na superação das
nossas diferenças no comércio de bens, serviços, capitais e circulação de pessoas.
Carlos Coelho, é Deputado ao Parlamento Europeu, membro efectivo da Comissão do Mercado Interno
e Protecção dos Consumidores (IMCO) e membro suplente da Comissão das Liberdades Cívicas,
Justiça e Assuntos Internos (LIBE)
Devemos usar essa experiência para superar diariamente os obstáculos no campo
da emergência. Isso requer uma cooperação mais estreita, aproveitando ao máximo
os desenvolvimentos digitais e aumentando a consciencialização dos cidadãos
europeus para o 112.
O número de emergência existe há 25 anos, por isso é chocante que mais de
metade dos cidadãos da UE permaneçam relativamente pouco familiarizados com o
número de emergência europeu 112. Precisamos reverter esse status quo e ajudar a
aumentar o seu conhecimento, utilização e funcionamento”.
O evento que decorreu esta manhã e que contou com a presença do Presidente do
Parlamento Europeu, responsáveis de todos os grupos políticos e o patrocínio da
Presidência Estona do Conselho teve o seu início com um Minuto de silêncio em
homenagem às vítimas dos incêndios em Portugal e Espanha e culminou com
uma marcha de homenagem às vítimas e sobreviventes dos atentados terroristas de
Bruxelas e Paris.
Em representação de Portugal estiveram presentes o Intendente Carlos M. Martins
da Polícia de Segurança Pública (PSP) e o Dr. Paulo Ramos Pereira da Autoridade
Nacional de Comunicações (ANACOM).