Castro Daire e Armamar – Prisão preventiva para detidos de violência doméstica

O Comando Territorial de Viseu, através do Postos Territoriais de Castro Daire e Lamego, no dia 26 de março, deteve dois homens de 56 e 32 anos, pela prática do crime de violência doméstica, no distrito de Viseu.

No âmbito decorrer de uma investigação por violência doméstica que decorreu durante um mês, em Castro Daire, foi possível apurar, que o agressor, um homem de 56 anos, injuriava e ameaçava de morte a sua mãe de 77 anos, com recurso a uma arma branca. As agressões tiveram início há cerca de três anos, quando o agressor foi viver para casa da sua mãe, no momento em que terminou o cumprimento de pena de prisão de 16 anos, pela prática de abuso sexual de crianças.

Na sequência desta investigação foi dado cumprimento a um mandado de detenção, tendo o detido sido presente ontem, dia 27 de março, ao Tribunal Judicial de Castro Daire, onde lhe foi aplicada a medida de coação de prisão preventiva.

Numa outra investigação, realizada em Armamar, em que um homem de 32 anos, ameaçava, injuriava e exercia coação psicológica sobre os seus pais, com 62 e 58 anos, foi dado cumprimento a um mandado de detenção, que culminou com a apresentação do agressor ao Tribunal Judicial de Viseu, onde lhe foi aplicada também a medida de coação de prisão preventiva.

Esta ação contou com a colaboração com o Posto territorial de Armamar.