Category: Local

1 Ciclo de cinema LGBTI

REDE CICLÁVEL ARRANCA EM VISEU

O Executivo Municipal aprovou o projeto de execução e a abertura do procedimento para a 1ª fase do Plano de Mobilidade Suave da Cidade de Viseu. No seguimento de toda...

Reposição das 35h sem pessoal suficiente e sem reforço financeiro Os deputados do PSD eleitos por Viseu reuniram, ontem, com o conselho de administração do Centro Hospitalar de Tondela-Viseu (CHTV) para aferir o impacto dos horários de trabalho de 35 horas no funcionamento das diferentes unidades e serviços de saúde e fazer o ponto de situação relativo ao Centro Oncológico e à Obras de ampliação da Urgência. Da reunião salientamos alguns aspetos mais relevantes: • Quanto aos recursos humanos, é de salientar que a tardia autorização para contratação de 70 profissionais (45 enfermeiros, 18 assistentes operacionais e 7 técnicos superiores de saúde e de diagnóstico e terapêutica) não é suficiente para dar resposta às necessidades da instituição que, segundo o Conselho de Administração, é superior a 100. É de tal forma insuficiente que haverá recurso à colocação de 35 assistentes operacionais através do IEFP, com vínculos precários, os CEI – Contrato Emprego e Inserção. Situação que estranhamos dada a especificidade das tarefas e da instituição. O conselho de administração ainda não fez contas ao impacto financeiro destes novos contratos, no entanto, informou que não houve qualquer reforço financeiro para esta despesa não prevista no contrato-programa, o que terá impacto no aumento da dívida e nos prazos de pagamentos a fornecedores. • Atraso incompreensível nas obras de ampliação da urgência. Ainda continua a faltar a autorização do ministério das finanças para realização do investimento. É inaceitável que uma obra considerada investimento prioritário no pacto territorial assinado em 2015, entre a CIM Dão-Lafões e o Governo anterior, 3 anos depois, ainda não tenha iniciado por falta de compromisso do Governo na comparticipação nacional. • O Centro Oncológico, tal como as obras da urgência, tarda em sair da decisão política do anterior Governo. Há, contudo, uma espectativa positiva para que, no final desta semana, já exista algo de mais concreto quanto ao calendário, projeto e financiamento desta unidade de saúde fique definitivamente estabelecido. Esta época do ano contempla um conjunto riscos e ameaças para a capacidade de resposta do CHTV. O calor do Verão, o regresso dos nossos emigrantes e a realização de um conjunto de eventos na Região colocam, por si, uma pressão extraordinária no acesso aos cuidados de saúde que poderá ser agravado com a falta de recursos humanos já identificados. Como julgamos que o Governo não acautelou devidamente esta situação, vamos continuar a acompanhar a evolução dos acontecimentos, estando certos que todos os profissionais de saúde tudo têm feito e continuarão a fazer para manter a excelência da qualidade dos cuidados prestados. Os Deputados do PSD de Viseu

Reposição das 35h sem pessoal suficiente e sem reforço financeiro Os deputados do PSD eleitos por Viseu reuniram, ontem, com o conselho de administração do Centro...

APRESENTAÇÃO FROTA ELETRICA MUNICIPAL

Amanhã pelas 10h, no Rossio, o Presidente da Câmara, Almeida Henriques, irá apresentar as seis novas aquisições da frota elétrica do município.  No seguimento de...

IPV MARCA PRESENÇA NO “ENCONTRO CIÊNCIA 2018”

O Encontro Ciência 2018, promovido pela Fundação para a Ciência e Tecnologia, é o maior encontro de ciência e tecnologia realizado em Portugal e decorre em Lisboa...

Ecossistemas Empreendedores e de Inovação, Experiências e Desafios

A CIM Viseu Dão Lafões, no âmbito da Rede Regional de Empreendedorismo Viseu Dão Lafões e em parceria com a AIRV, vai promover no próximo dia 5 de julho, no Solar...

Nota de Imprensa PS VISEU

Na reunião pública da Câmara Municipal de Viseu (CMV), realizada a 28 de junho no Salão Nobre da Câmara Municipal de Viseu, os vereadores do Partido Socialista (PS)...

ESCOLA PROFISSIONAL MARIANA SEIXAS VENCE O CONCURSO “ESCOLA ELETRÃO” 2017/2018

A Escola Profissional Mariana Seixas (EPMS) venceu a Edição 2017/2018 do concurso “Escola Eletrão/Rock in Rio” com a reciclagem de 24.506kg de resíduos...

“LENDA VIVA DE VISEU” PROPÕE MAIS DE 200 PRETEXTOS PARA UM “REENCONTRO” EM 2018

No ano da “Cidade Europeia do Folclore”, Feira de São Mateus regressa mais atrativa do que nunca, de 9 de agosto a 16 de setembro   No ano em que celebra o seu...

ESCOLA VIRIATO E MUSEU DO LINHO

Na sequência dos trabalhos realizados pelos alunos da Escola Secundária Viriato nos Encontros da Viriato 2018, nomeadamente das atividades ao vivo do Clube de Artes,...