CIMI tem nova exposição dedicada às “Máscaras de Lazarim”

O Centro Interpretativo da Máscara Ibérica (CIMI) é, cada vez mais, um ponto de paragem obrigatório para todos aqueles que se interessam pela temática da Máscara e do Entrudo de Lazarim. A partir desta semana está patente ao público a nova exposição“Máscaras de Lazarim”, na qual o público pode apreciar cerca de 80 exemplares esculpidos em madeira de amieiro por diferentes artesãos desta pequena vila do concelho de Lamego. O Presidente Ângelo Moura, acompanhado pelo executivo camarário e pelo Presidente da Junta de Freguesia, já visitou a mostra que até agora reúne o maior número de máscaras de Lazarim.
Reveladora de um saber fazer original e de um viver genuíno, esta exposição resulta do contributo de várias pessoas particulares e de artesãos que cederam, por empréstimo, estas máscaras. 
Recorde-se que a Câmara Municipal de Lamego pretende candidatar a máscara de Lazarim a Património Mundial da UNESCO, para que esta tradição ancestral e identitária seja preservada para as gerações vindouras.