Cine Concertos // FILIPE RAPOSO a musicar O VENTO de Victor Sjöström

O Vento de Victor Sjöström abre o programa de CINE CONCERTOS – fora de portas, este Sábado 13 em São Pedro do Sul.

Musicado ao vivo por FILIPE RAPOSO no órgão de tubos do Convento de São José – perfeito instrumento para lidar com todas as subtilezas afectivas e torrentes emocionais desta obra-prima, tem assim início uma viagem de 9 sessões de cinema mudo com vários músicos, que se prolonga até Outubro, na região Viseu Dão Lafões.

O convidado desta primeira sessão, FILIPE RAPOSO, além de acompanhar filmes mudos na Cinemateca Portuguesa, já tocou com Sérgio Godinho, Vitorino, Camané, Maria João, e trabalhou como orquestrador com a Orquestra Sinfónica Portuguesa e a Orquestra Metropolitana de Lisboa. No passado mês de Março editou em nome próprio o seu novo álbum, Ocre, apresentado no Teatro S. Luiz, em Lisboa.

O VENTO, filme em que o grande mestre Victor Sjöström troca as paisagens geladas dos seus filmes suecos pela aridez do deserto americano, tem a sua história centrada na solidão e incomunicabilidade de uma mulher, com a inesquecível presença de Lillian Gish, uma das maiores actrizes e divas do cinema da época. Talvez a obra-prima absoluta de Sjöström, um filme mudo que nos faz “ouvir” o assobio ameaçador do vento. O cine concerto terá início às 21h30, e a entrada é livre.

O Convento de São José, situado no centro da cidade, junto ao Município, é um dos monumentos emblemáticos da cidade, fundado em 1725, e acolhe esta sessão inaugural do programa.
 18 MAIO   Oliveira de Frades

Na segunda sessão, 18 de Maio, em Oliveira de Frades, será o pianista Nicholas McNair a acompanhar MULHERES DA BEIRA, uma das obras maiores do cinema portugês dos anos 1920, de Rino Lupo.

O programa completo terá uma boa dezena de filmes de todos os géneros à espera da música que fará as delícias de miúdos e graúdos: NAVIGATOR de Buster Keaton, O EMIGRANTE de Charlie Chaplin, e OS LOBOS de Rino Lupo estão entre os filmes a projectar, sempre com acompanhamento musical ao vivo.As sessões são sempre às 21h30, e com entrada livre