Cisterna de Lamego acolhe exposição de pintura inédita

Considerada “um dos melhores exemplares de cisternas dos castelos portugueses” e transformada num espaço que se assume como um centro de memória, a Cisterna de Lamego tem patente ao público neste momento uma exposição de pintura inédita: “Douro Internacional – Deambulações de Albertino Valadares”. Esta mostra integra o programa cultural promovido pelo Município de Lamego durante as Festas em Honra de Nossa Senhora dos Remédios, tendo sido inaugurada, no último sábado, com a presença da Vereadora da Cultura, Ana Catarina Rocha. Nesta sessão pública, foi ainda apresentada uma obra literária da autoria do mesmo pintor.
Nascido em Fânzeres, concelho de Gondomar, Albertino Valadares está representado em várias coleções particulares nacionais e estrangeiras de galerias de arte e câmaras municipais. Participou ainda em inúmeras exposições individuais e coletivas a nível nacional.
“Douro Internacional – Deambulações de Albertino Valadares” é de entrada livre e pode ser apreciada, de terça a domingo, das 10h às 18 horas, até 29 de setembro.