Concurso Nacional de Leitura 2018 decorreu com grande sucesso

No dia 21 de fevereiro, decorreu a primeira fase (concelhia) da 12ª Edição do Concurso
Nacional de Leitura 2018, na Biblioteca Municipal de Oliveira de Frades.
Nesta iniciativa marcou presença o Presidente da Câmara Municipal, Paulo Ferreira que
enalteceu o facto deste Concurso ser o primeiro evento realizado nestas novas
instalações, referindo, ainda, que a Biblioteca é uma importante ferramenta no
complemento à componente letiva.
Por sua vez, a Vereadora Clara Vieira mencionou o livro como uma excelente forma de
alimentar a alma.
Este Concurso tem como objetivo estimular hábitos de leitura e pôr à prova
competências de expressão escrita e oral, destinando-se aos alunos do 2º, 3º Ciclo e
Ensino Secundário.
Sagraram-se vencedores no 2º Ciclo: Matilde Antunes (1º lugar), Carolina Silva (2º
lugar) e Lia Almeida (3º lugar); no 3º Ciclo: Tiago Silva (1º lugar), Luís Lameirão (2º
lugar) e João Pedro Silva (3º lugar) e no Secundário: Bruno Castro (1º lugar), Rita
Simões (2º lugar) e Francisco Batista (3º lugar).
O Júri deste Concurso foi constituído por Paixão Pinto (Coordenadora da Rede de
Bibliotecas Escolares), Manuel Tojal (Bibliotecário Municipal) e Dulce Martinho
(Professora de Português do Agrupamento de Escolas de Oliveira de Frades).
Neste âmbito, foi proclamado um recital sob o título “Lendas Sonoras de Oliveira de
Frades” de Luís Costa, da Associação Binaural/Nodar. O recital incluiu três lendas do
concelho (Anta de Paranho de Arca, Pedra no Ar e Ponte do Cunhedo), que foram
envoltas num ambiente sonoro e visual contemporâneo, potenciando, assim, novas
leituras e apropriações de histórias perdidas na bruma dos tempos.
Desta forma, foi vivido um momento cultural, associando a leitura às lendas e tradições
de Oliveira de Frades.