‘Hat-trick’ de Roberto dá vitória ao Estoril Praia na receção ao Académico de Viseu

O avançado português Roberto marcou ontem os três golos da vitória caseira do Estoril Praia frente ao Académico de Viseu, por 3-1, na nona jornada da II Liga de futebol.

Num desafio disputado no Estádio António Coimbra da Mota, o jogador de 30 anos foi a figura da tarde, ao marcar os três golos da formação orientada por Tiago Fernandes, que valeu a liderança isolada na classificação dos melhores marcadores, com oito tentos, e a ascensão do clube ao quarto lugar da prova, com 18 pontos, menos três do que o líder Farense.

A fazer jus ao fator casa, os estorilistas começaram a pressionar o Académico de Viseu – que partia para o jogo com a possibilidade de igualar o adversário em caso de triunfo – desde o primeiro minuto e só precisaram de 13 minutos para descobrir o caminho para o golo. Num belo pontapé de ‘bicicleta’, Roberto assinou o 1-0, conferindo classe e eficácia a um primeiro remate muito defeituoso de Tembeng de fora da área.

Com a vantagem, tudo ficou ainda mais fácil para o Estoril três minutos depois: Tiago Almeida viu o cartão vermelho direto e deixou os viseenses reduzidos a 10 elementos. As circunstâncias abriam caminho à segunda vitória seguida dos ‘canarinhos’ na II Liga e aos 35 minutos surgiu o segundo golo de Roberto, ao encostar ao segundo poste, após passe de Daniel Bragança.

O domínio claro e inequívoco dos anfitriões castigava o Académico de Viseu, sem argumentos para ameaçar a baliza adversária com menos um jogador. Para a segunda parte, o técnico Rui Borges ainda lançou Latyr e João Mário, mas seria o Estoril a marcar novamente, aos 51, por intermédio do ‘suspeito do costume’, Roberto, desta feita num cabeceamento perfeito em resposta a um cruzamento de Gonçalo Santos.

Os três golos acabaram por ditar um abrandamento do Estoril, que assim deu espaço suficiente aos viseenses para reduzirem para 3-1, aos 55, graças a Jean Patric, com um desvio a um passe de Lucas desde o flanco esquerdo. Os forasteiros tentaram então salvar a face e pressionaram até ao fim em busca de mais golos, mas sem sucesso, confirmando o 3-1 final no marcador.

Jogo no Estádio António Coimbra da Mota, no Estoril.

Estoril Praia – Académico de Viseu, 3-1.

Ao intervalo: 2-0.

Marcadores:

1-0, Roberto, 13 minutos.

2-0, Roberto, 35.

3-0, Roberto, 51.

3-1, Jean Patric, 55.

Equipas:

– Estoril Praia: Dani Figueira, Hugo Firmino, Lucas Áfrico, Valente, Ruben Belima, Tembeng, Gonçalo Santos (Duarte, 58), Daniel Bragança, Matheus Índio (Miguel Crespo, 68), Juninho (Careca, 74) e Roberto.

(Suplentes: António Filipe, Duarte, Rafael Barbosa, Careca, Philipe Maia, Miguel Crespo e Simão).

Treinador: Tiago Fernandes.

– Académico de Viseu: Janota, Tiago Almeida, Steven, Mathaus, Lucas, Fernando Ferreira (Luisinho, 68), Zimbabwe, Jean Patric, João Oliveira, Bruno (Latyr, 46) e Carter (João Mário, 46).

(Suplentes: Ricardo Fernandes, João Mário, Bruno Loureiro, Latyr, Filipe Soares, Facundo Batista e Luisinho).

Treinador: Rui Borges.

Árbitro: Fábio Melo (AF Porto).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Zimbabwe (30), Carter (33), Lucas Áfrico (63) e Hugo Firmino (80). Cartão vermelho direto para Tiago Almeida (16) e Daniel Bragança (90+1).

Assistência: Cerca de 800 espetadores.