“Heróis do Ar”, de Jaime Martins, livro a ser lançado na Biblioteca Municipal

O autor tem ligações familiares a Leomil, razão suficiente que justifica o lançamento de “Heróis do Ar” em terras de Moimenta da Beira. Mas há também outra razão implícita: a do valor da obra de Jaime de Oliveira Martins. “Heróis do Ar” é um romance histórico de valia que Nuno Monteiro da Silva, tenente-coronel piloto aviador, vai apresentar na Biblioteca Municipal Aquilino Ribeiro, em Moimenta da Beira, dia 14 de abril (16h30). Até lá, deixa-se aqui a sinopse em quatro parágrafos.

 

“Quando a aviação começa a desenvolver-se, no início do séc. XX, Artur Rebelo, um jovem natural da Marinha Grande apaixona-se pelos assuntos do ar. Ingressa na escola de aviação Militar, e conhece o Leiriense Fernando Lara Reis. Entre outros pilotos Portugueses são chamados a combater nos céus de França. A guerra trouxe amarguras, mas também progresso tecnológico, amores, paixões, encontros e desencontros.

 

Procurando passar um retrato fiel da envolvência e camaradagem dos pilotos de caça, o leitor é levado a fazer uma viagem desde início do século XX, até aos dias de hoje, num enredo em que convive com personagens como Machado Santos e Afonso Lopes Vieira, entre outros. Uma viagem em que as intrigas de outrora são reveladas em fascinantes descobertas num sótão.

 

De uma forma implícita está um convite à reflexão sobre o papel da Carbonária, da Maçonaria e da Igreja numa época tão conturbada da nossa História. Não faltam as descrições de uma cerimónia carbonária, de uma cerimónia maçónica, e um olhar crítico aos acontecimentos em Fátima.

 

Passados cem anos sobre a batalha de La Lys, esta obra assume-se como um tributo a todos os portugueses que tombaram na Grande Guerra, um tributo aos pioneiros da aviação militar portuguesa e uma homenagem ao único soldado português fuzilado em França, cuja memória foi timidamente reabilitada em Setembro de 2017”.