Informação sobre a requalificação do IP3

 

No passado dia 5 de julho realizou-se na sede da CIM Viseu Dão Lafões uma reunião com o Senhor Ministro das Infraestruturas e Habitação, Pedro Nuno Santos, com o Presidente da Infraestruturas de Portugal, António Laranjo e o Presidente da CIM Viseu Dão Lafões, Rogério Abrantes autarca de Carregal do Sal.

Estiveram também presentes nesta reunião, os autarcas de Castro Daire, Paulo Almeida, de Mangualde, João
Azevedo, e ainda o Presidente da AIRV – Associação Empresarial da Região de Viseu e do CERV – Conselho
Empresarial da Região de Viseu, João Cotta.
Em janeiro de 2019 foi anunciado pelo Governo que esta requalificação estaria concluída em 2022. Já em
junho deste ano a IP-Infraestruturas de Portugal, apresentou nova data para a conclusão da obra, que
passou de 2022 para 2024.

A AIRV refere em comunicado que esta reunião serviu para discutir as razões desta alteração. A reunião foi muito participada, salientando-se a grande exigência e frontalidade por parte do Senhor Ministro. Ficou claro que os prazos apresentados no dia 19 de janeiro não eram exequíveis, pelas exigências diversas e a extensão da obra. Foi ratificado por todos a grande urgência desta obra, pela segurança rodoviária dos cidadãos e pelo desenvolvimento regional.
Foi assim apresentado pela IP um novo cronograma das obras a realizar, que segue em anexo. A 1a fase da
obra já está em curso. A 2a fase, vai ser dividida em 3 empreitadas devido à sua complexidade e para não
haver interrupção total da via. Foi assumido pelo Presidente da IP que este cronograma era fiável e
exequível, salvo algum imponderável que não esteja sob controlo da IP. Para acelerar o processo e sem
qualquer prejuízo do rigor e respeito pela lei, o Senhor Ministro afirmou já ter falado com o Presidente do
Tribunal de Contas sobre a necessidade da rapidez processual da análise desta obra.

Não sendo esta a solução mais desejada, foram aceites por todos os novos prazos apresentados. Foi
assumido pelo Governo e pela IP o compromisso de tudo fazer para cumprir o cronograma apresentado.

Ficou definido que as partes se irão encontrar com regularidade para avaliar a evolução deste projeto, num
clima de total lealdade e transparência.