Lamego e Bouchemaine reforçaram laços

Lamego e Bouchemaine reforçaram os laços que unem as duas cidades com a renovação do acordo de geminação que liga os seus destinos desde abril de 2012. Para o futuro, os autarcas das localidades geminadas continuam empenhados em promover a relação entre os seus habitantes, para que enriqueçam mutuamente a sua cultura, e aprofundar o intercâmbio de experiências e conhecimentos em diferentes áreas. A assinatura formal da renovação desta “relação especial” foi celebrada em Lamego, por Francisco Lopes, presidente da Câmara de Lamego, e Veronique Maillet, presidente da municipalidade francesa. “Temos cada vez mais pontes em comum. Por detrás desta parceria, existem iniciativas reais e desígnios que nos levam a trabalhar em conjunto”, enfatizou o autarca anfitrião.
A existência desta geminação foi ainda perpetuada com o descerrar, pelos líderes municipais, de uma placa comemorativa, na Av. D. Egas Moniz.
A partir de agora, a juventude, o turismo, a cultura, a educação e o desporto são apontadas como as áreas prioritárias para o desenvolvimento de iniciativas conjuntas. Separados fisicamente por mais de 1300 quilómetros, a aproximação entre os dois municípios é justificada pela existência de vários elementos em comum nos seus territórios: estão situados nas margens de um grande rio (Douro e Loire), inserem-se em regiões inscritas na lista do património mundial da UNESCO, possuem uma cultura e prática social e de comunidade forte e, não menos importante, a cultura do vinho domina a sua paisagem natural.