Mário Patrão arranca bem no Dakar

Piloto português mostra-se bastante satisfeito com a KTM 450 Rally e ocupa para já o terceiro lugar da classe Maratona.

Mário Patrão enfrentou hoje a sua primeira etapa na edição de 2016 do Rali Dakar, depois de ontem a organização ter decidido anular o arranque da prova devido às condições climatéricas adversas que abatem a Argentina.

A segunda etapa do Dakar 2016 ligou Villa Carlos Paz a Termas de Rio Hondo com um troço cronometrado na ordem dos 350 quilómetros, cabendo ao piloto português o 32.º melhor tempo da tabela geral e ainda a terceira melhor marca por entre os concorrentes à categoria Maratona.

Esta é a primeira vez que Patrão está no Dakar aos comandos de uma KTM 450 Rally, vencedora das últimas 14 edições da mítica prova de Todo-o-Terreno mundial, objetivando um lugar no “Top 20” à geral e a vitória na classe Maratona.

A terceira etapa disputa-se entre Termas de Rio Hondo e Jujuy, na Argentina, num total de 663 quilómetros, 314 dos quais contra o relógio.

Mário Patrão: “Estou muito satisfeito com este arranque do Dakar 2016. Apesar das adversidades provocadas pelo mau tempo a experiência de estar aos comandos da KTM 450 Rally nesta prova está a ser absolutamente fantástica e só penso em fazer mais e mais quilómetros. É uma grande mota, com uma potência incrível. Não tinha rodado muito com ela antes da partida, mas o resultado até ao momento está a ser absolutamente fantástico. Hoje consegui o 32.º melhor tempo mas sem perder muito tempo para os pilotos da frente, isso é o mais importante. Amanhã voltamos à luta e espero subir mais lugares!”