Município de Armamar na Costa do Marfim

Uma comitiva do Município de Armamar, encabeçada por João Paulo Fonseca e Mário Marta, respectivamente presidentes da Câmara e da Assembleia Municipal, realizaram uma visita institucional ao município de Jacqueville, na República da Costa do Marfim. A visita, enquadrada numa estratégia desenvolvida pela Embaixada daquele país africano em Portugal, tem como objetivo o estreitamento de laços e a colaboração institucional entre os municípios da região do Douro e do Distrito de Viseu com os seus homólogos Marfinenses.
O ponto alto foi a assinatura de um protocolo de cooperação descentralizada entre os dois municípios com o intuito de encetar projetos de desenvolvimento mútuo nas áreas da educação, saúde, cultura, turismo, trocas comerciais, apoio institucional, entre outras.
A comitiva de Armamar teve reuniões com diversas personalidades, quer do município de Jacqueville quer com entidades governativas da Costa do Marfim, casos do Vice-presidente do país e da Diretora Geral da Associação de municípios, do Ministro de Estado, do Interior e da Segurança e ainda da Grande Chanceler da Costa do Marfim, a quarta figura de Estado.
Em Jacqueville, o edil local conduziu a visita ao município com apresentação da comitiva às forças vivas locais. Do programa constou a participação num fórum empresarial com apresentação dos produtos locais (côco, madeira, cacau) e onde se encetaram conversações com empresários locais para analisar a possibilidade de exportar para aquele país os produtos de Armamar, nomeadamente os vinhos e a maçã. Houve ainda tempo para uma reunião com o diretor do desenvolvimento local em Jacqueville e a visita a uma zona de extensão, a “Nova Vila”, uma obra onde surgirá o nome de Armamar.
Da delegação fizeram parte ainda Augusto Azevedo, chefe de Gabinete do Presidente, e da Embaixada da Costa do Marfim em Portugal, o chanceler Dr. Levri e Manuel de Carvalho.