“O LADRÃO FANTASMA” NO CINETEATRO DE MANGUALDE

No dia 19 de março de 1953, um ladrão elegante que frequentava os salões e roubava as estrelas de cinema animou a noite no cineteatro de Mangualde. “O ladrão fantasma”, um drama alucinante escrito por Borden Chase, “Aconteceu no Cineteatro há 66 anos”.

 

O filme foi um caso autêntico de Hollywood, interpretado por David Brian, no papel de ladrão da luva branca, e Marjorie Reynolds, uma das vítimas.

 

SINOPSE

«Uma vida tempestuosa que era admirada nos salões e odiada nas ruas.

Tinha o mundo elegante na palma da sua mão…e na outra uma pistola!

A história de um rafles moderno que está cumprindo em Sing-Sing a pena de 18 anos de prisão e cumprirá mais 7 num presídio do Canadá.»

RELANÇAR O CINETEATRO DE MANGUALDE E INCENTIVAR

O CONTACTO COM AS FONTES PRIMÁRIAS SÃO OS PRINCIPAIS OBJETIVOS

Através do Arquivo Municipal de Mangualde estão a ser divulgados cartazes relativos às antigas exibições e espetáculos que aconteceram no Cineteatro. Com esta campanha, a autarquia mangualdense pretende relembrar aos mangualdenses que, ao longo de várias décadas, no Cineteatro de Mangualde, múltiplas companhias de espetáculo exibiram as suas melhores peças e os seus melhores atores, sendo aqui também projetados excelentes filmes. Para além de sensibilizar a sociedade civil mangualdense para a importância deste extraordinário equipamento cultural, pretende ainda incentivar o contacto com as fontes primárias, gerar uma nova atitude face ao património documental, e propiciar o desenvolvimento de hábitos de pesquisa e de visita ao arquivo.