“O Senhor Ibrahim e as Flores do Alcorão”

Vai estar em cena no Cineteatro Jaime Gralheiro, c/ organização do Cénico Grupo de Teatro Popular e apoio da Câmara Municipal de S. Pedro do Sul.

 Trata-se de um dos grandes êxitos das duas últimas temporadas, escrito p/ um dos principais dramaturgos europeus contemporâneos – Eric-Emmanuel Schmitt e dirigido por Júlio Cardoso, que estará em cena  no próximo dia 19 do corrente (sábado), no cineteatro Jaime Gralheiro, pelas 21H30, integrado no ciclo de Homenagem ao extraordinário dramaturgo Jaime Gralheiro. Este espectáculo, sem nenhuma sombra de exagero, é vivamente aconselhado para todos os públicos, não só pelo seu elevado nível artístico, como também pelo tema que aborda.

Nos protagonistas temos Fernando Soares e Miguel Batista, o desenho de luz foi concebido p/ Júlio Filipe e o cenário tem a assinatura do Prof. José Carlos Barros, numa produção/realização da Seiva Trupe.

 

SINOPSE: Numa linguagem simples mas profundamente filosófica e humanista, desaguando numa emocionante história condimentada com humor, Eric-Emmanuel Schmitt, filósofo e dramaturgo, um dos mais prolíficos e premiados escritores do nosso tempo, narra um caso de um jovem judeu e de um velho merceeiro árabe. O jovem vive só e com um pai frio e distante.

O Senhor Ibrahim, o merceeiro árabe, é acolhedor e simpático. Juntos vivem uma série de aventuras e edificam uma amizade que ultrapassa todas as fronteiras. Uma obra de sabedorias, de tolerância, bondade e fraternidade, numa temática bem actual.