Operação Páscoa

A Guarda Nacional Republicana intensifica, entre o dia 24 e o dia 27 de março, o patrulhamento e a fiscalização rodoviária, com particular incidência nas vias mais críticas da sua zona de ação, com o objetivo de combater a sinistralidade rodoviária, regular o trânsito e garantir o apoio a todos os utentes das vias, proporcionando-lhes uma deslocação em segurança para os locais de origem.

Durante a operação, além das ações de prevenção e apoio aos condutores, os militares da GNR vão estar particularmente atentos à prática das seguintes infrações:

· Excesso de velocidade;

· Condução sob a influência do álcool e de substâncias psicotrópicas;

· Incorreta ou não utilização do cinto de segurança e/ou sistemas de retenção para crianças;

· Falta de habilitação legal para o exercício da condução;

· Não cumprimento das regras de trânsito (distância de segurança e cedência de passagem, manobras de ultrapassagem, mudança de direção e inversão do sentido de marcha).

Durante a Operação Páscoa 2015 registaram-se:

· 668 acidentes;

· seis mortos;

· 18 feridos graves;

· 202 feridos leves.