Pagamento com cartões de forma consciente

Diariamente, o Gabinete de Proteção da DECO Centro recebe pedidos de ajuda por parte de consumidores que não conseguem fazer face às despesas decorrentes de créditos. Muitas vezes, por desconhecimento, os consumidores acabam por contrair novos créditos a fim de liquidar os existentes acabando por assumir novos encargos por um período de tempo mais longo. A utilização de cartões de crédito deve ser consciente para que se evite uma situação de sobre endividamento.

Importa conhecer as vantagens e as desvantagens da utilização de cartões, seja de débito ou de crédito a fim de se fazer um uso consciente deste meio de pagamento.

Apesar da sua utilização ser prática evitando-se andar com notas e moedas na carteira, de ser segura a sua utilização através da restrição de acesso através de PIN, da possibilidade de consulta de histórico e da possibilidade de se fazer aquisições imediatas diferindo pagamentos existem desvantagens a tomar em consideração:

Desvantagens:

Existem algumas desvantagens decorrentes da utilização desta forma de pagamento para as quais chamamos a atenção.

  • Nem todos os comerciantes dispõem de terminais de pagamento automático, uma vez que apenas o numerário é um meio de pagamento universal e de aceitação generalizada e obrigatória.
  • Relembramos que, se o seu banco lhe disponibiliza aquilo a que se chama de limite a descoberto, pode gastar mais do que pretendia.
  • Esses gastos excessivos são facilitados devido à impossibilidade de ver o dinheiro fisicamente.
  • A facilidade do pagamento a crédito leva muitas famílias a entrar em situação de endividamento.
  • A taxa de juro cobrada pelos bancos sobre o saldo devedor é elevada. Relembramos que o uso de cartões de crédito implica suportar encargos, tais como juros, anuidades, comissões e imposto de selo.
  • É importante estar informado sobre os reflexos que aqueles encargos têm na sua mensalidade e solicitar à instituição de crédito, informações contratuais através de carta registada com aviso de receção.

 

A DECO Centro disponibiliza-se para prestar informação, de forma gratuita, sobre gestão de orçamento no âmbito do seu Gabinete de Proteção Financeira.

 

DECO CENTRO

Os leitores interessados em obter esclarecimentos relacionados com os seus direitos enquanto consumidores, bem como resolver os seus problemas, podem recorrer ao Gabinete de Apoio ao Consumidor da DECO, bastando, para isso, escreverem para a DECO – Rua Padre Estêvão Cabral, 79-5º, Sala 504-3000-317 Coimbra ou para deco.coimbra@deco.pt.