Projeto CAVES apresentado no 89º aniversário da Vila de Santar

O 89º aniversário da elevação de Santar a Vila contou com uma cerimónia oficial na sede da Junta de Freguesia, durante a qual foi apresentado o projeto CAVES (Centro de Artes do Vinho Espaço de Santar), a ser candidatado até final de Abril, ao Programa Valorizar do Turismo de Portugal, correspondendo a um investimento total de cerca de 800 mil euros.
A antiga Begoaria, que foi adquirida há mais de uma década pela Junta, vai servir de base ao projeto, uma infraestrutura cultural com o objetivo de promover o território, aproveitando a dimensão de vila jardim em que ficará intrinsecamente ligado. Está a ser feito um esforço muito grande nos últimos 3 meses para submissão da candidatura, cujo projeto irá contemplar um auditório amovível para diversos espetáculos e eventos, salas de ensaio, enoteca, loja e gabinetes de trabalho. Será um espaço amplo e orgânico que convidará ao convívio, com uma área envolvente multifuncional, num projeto de inclusão de turismo acessível para todos, acolhendo múltiplas actividades das associações mais representativas da Vila.
Usando da palavra, o presidente da Junta, Jorge Abreu, agradeceu o apoio dado pela autarquia e disse que já foi gasto muito dinheiro em maquetes de projetos não concretizados, mas que este projeto CAVES “é para avançar e ser transformado numa realidade para esta vila histórica”.
O presidente da Câmara reforçou a importância do projeto CAVES como um fator competitivo para a envolvente económica de Santar, apresentando aos presentes a maquete em primeira mão. O edil sublinhou o compromisso da Câmara Municipal de implementar este projeto, no próximo mandato, garantindo que tal virá a suceder em caso de não aprovação da candidatura com fundos comunitários.