Recente denúncia pública de que a PSP de Viseu está em rutura iminente

O atual Governo iniciou funções com o país equilibrado do ponto de vista orçamental e em condições, quer internas quer externas, que possibilitariam agora um incremento de qualidade nos serviços públicos prestados pelo Estado.
Nesta conjuntura económico-financeira muito favorável, o PSD entende que a segurança e proteção dos cidadãos deveria ser uma prioridade nacional, como quase diariamente e um pouco por toda a Europa os factos demonstram.
Infelizmente as prioridades definidas pelo Governo foram outras o que implicou que algumas das funções mais importantes do Estado fossem completamente desleixadas, levando inclusivamente a situações bem dramáticas ocorridas durante o verão, como é sabido. É o resultado da falta de investimento público, a que se somaram as famosas cativações, em diversos setores do Estado, de que, além da segurança dos cidadãos e proteção civil, é também exemplo paradigmático a saúde.
Relativamente à segurança e proteção dos cidadãos e no que se refere ao distrito de Viseu, os deputados do PSD eleitos por este círculo eleitoral, tiveram oportunidade de sinalizar a sua importância reunindo com o Comando Distrital da PSP de Viseu há exatamente meio ano. Dessa reunião ficaram bem claras as grandes dificuldades de cumprimento da missão que incumbe a esta força de segurança no caso de não haver reposição de meios humanos e materiais e tecnológicos em tempo útil.
Ora, as recorrentes garantias dadas pelo Ministério da Administração Interna de resolução do problema não se confirmaram e, passado meio ano, os piores receios são agora confirmados pela Delegação Distrital de Viseu do Sindicato Nacional de Polícia. Com efeito, em comunicado ontem emitido por esta força sindical, é manifestada grande preocupação com a situação de grande carência de recursos humanos e meios materiais ao nível informático e de viaturas, e afirmado que a PSP de Viseu se encontra em rutura iminente podendo estar em causa a operacionalidade da PSP em Viseu.
Refira-se ainda, que as promessas não cumpridas da Sr.ª Ministra da Administração Interna estão em linha com uma forma de atuação do Governo transversal a todos os Ministérios em que se vai alimentando expetativas e garantindo reforço de meios para muito breve, mas em que esse breve nunca chega.
Assim, os deputados do PSD de Viseu manifestam a sua profunda preocupação com a grave situação na PSP de Viseu agora denunciada pelo SINAPOL e nesse sentido vão questionar formalmente a Sr.ª Ministra da Administração Interna acerca dos prazos para a resolução deste problema, que terão de ser muito breves porque a segurança e proteção dos viseenses tem de ser levada a sério pelo Governo.

Os deputados do PSD de Viseu