“Um aluno, uma árvore” amanhã em Abraveses

Numa ação conjunta entre o Município de Viseu e o Centro Hospitalar Tondela-Viseu para reflorestação do jardins do departamento psiquiátrico, em Abraveses, arranca esta sexta-feira o projeto “Um aluno, uma árvore”.
Amanhã, pelas 9H30, cerca de 50 meninas e meninos do Agrupamento de Escolas Viseu Norte estarão no local para marcar o arranque da iniciativa e dar o seu nome às árvores que iniciam a reflorestação do local.
Uma pequena placa simbólica será assinada pessoalmente por cada criança que dará o nome à árvore e será fixada no tronco ou ramos da mesma, mantendo a memória e ligação dos padrinhos às árvores, criando o incentivo a novas visitas e ao acompanhamento do crescimento dos “afilhados”.
A reflorestação destes jardins na freguesia de Abraveses surge da necessidade de compensar os pinheiros que tiveram de ser abatidos devido a doença detetada num estudo realizado pelo Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas.
Na altura do diagnóstico, o Centro Hospitalar desafiou o Município a cooperar no projeto de reflorestação. Assim, o Município de Viseu doa 200 árvores produzidas em viveiro pela equipa da cidade-jardim e nasce o projeto como forma de envolver a comunidade e sensibilizar os mais novos para a importância da proteção e conservação ambiental.
Na ação de sexta-feira serão plantadas 60 árvores de carácter ornamental cujas espécies foram criteriosamente selecionadas.
Os jardins do departamento psiquiátrico do Centro Hospitalar são um importante património ambiental do concelho, sendo um local de lazer aberto a toda a comunidade que com frequência usufrui do espaço. A abundância de árvores e o sombreamento, assim como as tonalidades que ganha no Outono, constituem particulares atrativos do local.