VISEU E FEIRA DE SÃO MATEUS TERÃO GRANDE PRODUÇÃO DE TEATRO DE RUA INSPIRADA EM VIRIATO, EM 2016

Trigo Limpo Teatro ACERT lidera projeto artístico e criativo que juntará uma dezena de parceiros e mais de 200 pessoas

Viriato inspira a grande produção de teatro de rua que vai estrear em Viseu e na Feira de São Mateus, este ano. O projeto artístico e criativo liderado pelo Trigo Limpo Teatro ACERT reúne uma dezena de parceiros e mais de 200 pessoas para dar corpo e alma a uma marioneta gigante que, na figura de um menino, encarnará a identidade do guerreiro-pastor.

A criação desta marioneta gigante surge como marco comemorativo dos 40 anos da ACERT. A cidade de Viriato partilha, assim, a nova criação da ACERT para este ano marcante da sua história, elegendo-a como uma das novidades da programação cultural e de animação da Feira de São Mateus em 2016.

O Município e a Viseu Marca partilham a promoção e acolhimento do espetáculo em Viseu. Para o Presidente da Câmara, Almeida Henriques, este projeto “nasce de um sonho partilhado ao longo dos últimos 6 meses entre o Município de Viseu e a ACERT. É o resultado de um sonho cúmplice que se transformou num diálogo construtivo, diálogo que se alargou à participação de vários atores culturais da cidade-região”. Almeida Henriques destaca ainda o papel desta grande produção “na renovação da programação e da oferta cultural da Feira de São Mateus em 2016”.

Serão parceiros do projeto o Cine Clube de Viseu, o Teatro Viriato e a Companhia Paulo Ribeiro, o Conservatório Regional de Música de Viseu, a ZunZum, o Teatro Regional de Montemuro, a Girassol Azul e a companhia DeMente. Também o Instituto Politécnico de Viseu é parceiro na componente de engenharia associada à construção da marioneta gigante.

No total, o projeto contará com mais de 200 participantes, entre artistas, atores, músicos, técnicos e a própria comunidade, nomeadamente crianças e jovens. Os talentos locais terão um palco único para mostrar a sua criatividade e promover os laços a este símbolo de Viseu, envolvendo a comunidade em todo o processo.

Ao todo, serão realizados 5 espetáculos “Viver Viriato” (nome provisório) ou animações durante o período da Feira de São Mateus, 3 dos quais no seu recinto. Os dias de abertura e de encerramento da Feira, a 5 de Agosto e 11 de Setembro, e o Dia de Viriato (28 de agosto), estão entre os momentos de espetáculos e exibições.

Almeida Henriques salienta a importância de “trabalhar artisticamente e criativamente a nossa história e a nossa mitologia” como “a melhor forma de a redescobrir e valorizar”. Para o autarca “este ecossistema cultural pode gerar criações, marcas, memórias e talentos que vão para além dos momentos e dos espetáculos, seguramente impactantes e inovadores, que serão realizados”.