vistacurta 2018 | 27 out – 03 nov


José Luis Guerín e João Canijo nas sessões de abertura e encerramento

É tempo de olhar a nova edição do vistacurta. Com atenções centradas para a presença de realizadores com um papel importante no panorama cinematográfico nacional e internacional.

A Academia das Musas, de José Luis Guerín, marca a abertura, cabendo a Diário das Beiras, de João Canijo, o encerramento. Com estas sessões, reavivamos a sensação reconfortante de uma profunda liberdade e diversidade de olhares de criadores tão emblemáticos como Guerín e Canijo.

Filmes portugueses em destaque

Entre os vários dias de programa, as sessões contam com mais de duas dezenas de curtas-metragens portuguesas. Neste caso particular da produção de curtas, o foco central é o cinema associado à região de Viseu, assim como a produção nacional que interpela a questão da interioridade. Os filmes estarão distribuídos em duas secções competitivas e terão prémios de três mil euros para os filmes vencedores, sublinhando o compromisso do Cine Clube para com a divulgação e promoção da produção nacional.

Toda a informação em vistacurta.pt 👁️‍🗨

Um ano mais, o vistacurta apresenta-se em Viseu, com vários dias de cinema, encontros com realizadores, concertos, exposições, sessões para escolas. De 27 de Outubro a 03 de Novembro, no Auditório IPDJ, Teatro Viriato, Casa Museu Almeida Moreira, Carmo’81 e ESEV.