Rali Vinho da Madeira 2019

 LUTAR PELO TÍTULO E MUITO MAIS

 ARC SPORT VAI DEFENDER LIDERANÇA DO CAMPEONATO

 Ricardo Teodósio, João Barros e Miguel Correia

Os três mosqueteiros de Aguiar da Beira para a Ilha da Madeira

 Ricardo Teodósio e José Teixeira vão defender a liderança do CPR 2019 ao volante do Skoda Fabia R5 preparado pela ARC Sport. Em carro idêntico, João Barros regressa ao campeonato para ganhar ritmo, mas também, tentar lutar por posições de destaque, acompanhado pelo campeão António Costa. Agora, aos comandos de um carro da categoria R5, Miguel Correia e Pedro Alves, vão tentar experimentar outros ritmos.

 

 

O MAIS IMPORTANTE É VENCER PARA O CPR

Ricardo Teodósio não dispensa participar no Rali Vinho da Madeira. Numa prova especialmente querida para o piloto algarvio, o essencial é continuar a liderar o Campeonato de Portugal de Ralis.

Na verdade, o mais importante é ganhar o rali para o nosso campeonato. O que vier a mais do que isso, será seguramente uma alegria. Há um excelente lote de concorrentes, onde se incluem os melhores pilotos madeirenses e ainda o Basso e o Pepe López, mas esses não são da nossa guerra. Queremos fazer uma prova positiva, e só depois da Madeira é que se podem fazer melhor as contas. Estamos muito confiantes”, conclui o piloto. Para o seu navegador, será vital festejar no fim com um excelente cálice de Madeira: “Este é um rali desafiante, mas perfeitamente enquadrado nos nossos objetivos. Queremos vencer o CPR e obter a melhor colheita possível de Vinho Madeira”, gracejou José Teixeira.

UM REGRESSO MUITO DESEJADO

 João Barros está de volta à competição, após longa ausência. Aos comandos de um Skoda Fabia R5 e com António Costa no banco do lado, a equipa pretende assinar uma boa prestação, mas essencialmente ganhar ritmo para as restantes provas de asfalto do calendário nacional.

 “É muito importante voltar aos ralis, embora o meu ritmo não seja o desejado. Esta é uma prova que adoro, onde faço sempre questão em estar presente. A natural falta de andamento, obriga-nos a ir ganhando ritmo ao longo da prova, tentando fazer um bom rali. Como não estamos a pensar nos pontos para o CPR, pois este ano só farei algumas provas de asfalto, vamos disputar o rali sem qualquer tipo de pressões, pensando apenas neste Rali Vinho da Madeira”, referiu João Barros. Com a mesma opinião, o experiente campeão nacional António Costa, tem a tarefa de tornar mais fáceis as seletivas especiais da prova madeirense: “No regresso do João, este é um rali importante para ir evoluindo, conforme os quilómetros e ganhar ritmo para as restantes provas do ano”, afirmou o navegador.

CONTINUAR OS BONS RESULTADOS

 Depois de um fantástico Rali Vinho da Madeira realizado na época passada ao volante do Renault Clio R3 da ARC Sport, Miguel Correia e Pedro Alves pretendem dar seguimento aos resultados positivos, este ano aos comandos de um Ford Fiesta R5, numa prova que tanto gostam.

A Madeira é mesmo um jardim para mim, essencialmente depois do fantástico resultado do ano passado. Agora os adversários são outros, e os objetivos também são outros. Estivemos presentes no Rali do Faial, prova do campeonato madeirense, para tentar ganhar ritmo, mas fomos surpreendidos com alguma chuva, embora tenha sido produtivo em relação à aprendizagem. Queremos tentar pontuar para bem para o CPR e divertir um público fantástico”, disse Miguel Correia.

UMA PROVA SEMPRE IMPORTANTE E TRABALHOSA

 

A ARC Sport volta a marcar presença na ilha da Madeira, este ano para os 60 anos do Rali Vinho da Madeira. A equipa campeã nacional de ralis lidera o CPR 2019 com Ricardo Teodósio, mas faz também uma forte aposta no regresso de João Barros e na afirmação de Miguel Correia. A equipa de Aguiar da Beira está confiante na prestação dos seus pilotos, num rali tradicionalmente difícil.

Conhecemos bem a competitividade e as dificuldades do Rali Vinho da Madeira. A equipa está preparada para mais uma etapa muito exigente e importante, tanto para o Ricardo Teodósio que quer continuar a liderar o campeonato, como para o João Barros que faz na madeira um importante regresso à competição. Em relação ao Miguel Correia, desejamos que continue a sua fantástica evolução. Podem todos contar com o apoio e total dedicação da ARC Sport”, afirmou Augusto Ramiro.

A 60ª edição do Rali Vinho da Madeira conta com 19 especiais de classificação e realiza-se entre 1 e 3 de agosto.